Artigos

DESEJO ME CASAR MAIS DO QUE DESEJO A CRISTO?

Deve ser seguro dizer: toda pessoa que já andou na Terra teve o desejo de ser verdadeira e profundamente amada.


Desde pequenos, e durante todo o nosso desenvolvimento, nos perguntamos curiosamente sobre que amor o futuro poderia nos reservar. Nós queremos saber quando será nossa vez de encontrar "a pessoa certa", a nossa vez de ter uma bela festa de casamento. Nós pensamos tanto sobre quem poderia ser ou quais as qualidades que esta pessoa especial terá. Perguntamo-nos como seriam nossas vidas, onde poderíamos ir e o que poderíamos fazer.


Quando jovens solteiros se transformam em adultos solteiros, pensamentos como esses podem facilmente ocupar nossas mentes. Antecipação e vontade podem facilmente encher nossos corações. O casamento é algo belo de se desejar. Deus deixa claro que é um tesouro e, quando feito em sua graça e força, pode até ser um vislumbre do céu na terra. Ansiar pelo casamento não é nem um pouco errado.


No entanto, uma coisa que podemos facilmente esquecer é que o casamento, em toda a sua beleza e glória, no seu melhor, ainda é apenas um vislumbre do céu.


Um Lembrete Valioso


Suponha que grandes amigos seus partiram em uma longa jornada e estarão longe indefinidamente. Antes de partir, esses amigos dão uma foto de si mesmos para serem lembrados. Essa foto provavelmente se tornaria um tesouro para você.


Quando você olha para ela, vem à sua mente as lembranças que tem com esses amigos. Você pensa sobre como é estar na presença deles, e na alegria que eles trazem à sua vida. Você anseia por eles com uma profunda dor às vezes, desejando poder estar no meio deles novamente. Naqueles tempos de solidão, você se apega a essa imagem esperando que as lembranças nunca desapareçam.


Agora, digamos que você recebe notícias de que esses amigos finalmente retornaram de sua longa jornada e que agora você tem a oportunidade de vê-los cara a cara. Quão louco seria recusar-se a ver esses amigos em pessoa e, em vez disso, continuar a se agarrar à sua imagem minúscula e frágil? Seria absurdo.


Enquanto os amigos estão longe, a imagem é, obviamente, um belo tesouro, à medida que você espera ansiosamente pelo dia em que estarão unidos outra vez. Mas quando os amigos não estão mais distantes, e a oportunidade de passar um tempo com eles está repentinamente disponível, como você poderia ficar satisfeito somente com um mero retrato? É impossível imaginar alguém que fosse valorizar mais a imagem de um amigo do que o próprio amigo vivo, presente e amável.


Não esqueça a realidade


Assim como seria impensável dar mais importância à foto da pessoa do que à própria pessoa, também deve ser impensável para nós elevar a sombra do amor de Cristo sobre a realidade de ser a própria noiva de Cristo.


O casamento tem um belo propósito dado por Deus, e é uma das maneiras mais incríveis de mostrar o evangelho neste mundo. Mas quando gastamos toda a nossa energia agarrando-se a um quadro em vez de ao próprio Cristo, acabamos amassando e estragando a beleza da imagem e esquecendo tudo o que se pretendia representar.


Ser profundamente amado por outro ser humano é um belo anseio embutido em cada um de nós. Estimar o casamento terrestre é o próprio design de Deus para muitos (Gênesis 2:24, Marcos 10: 6-8, Efésios 5:31). Mas acima de tudo, devemos aguardar e ansiar inquietamente pelo dia em que chegar a verdadeira festa de casamento e se der o matrimônio mais grandioso da história. Este é um casamento que não vai desaparecer, nem chegar a um fim. É exatamente aquilo do qual você e eu fomos criados para desfrutar para sempre.


Venha para a Festa


“E ouvi como que a voz de uma grande multidão, e como que a voz de muitas águas, e como que a voz de grandes trovões, que dizia: Aleluia! pois já o Senhor Deus Todo-Poderoso reina. Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou. E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos santos. E disse-me: Escreve: Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro." (Apocalipse 19: 6-9).


Nós nos privamos da verdadeira alegria do grande e maravilhoso plano de Deus quando idolatramos a imagem do casamento acima da realidade. A união é um presente bonito a ser estimado e valorizado, mas não é o cumprimento dos desejos mais profundos dos nossos corações.


Somos feitos para outro mundo, outro casamento, outra união. Olhemos com verdadeira expectativa e anseio pelo dia em que o casamento do Cordeiro virá e os desejos de nossos corações serão encontrados em nosso Deus perfeito.




Autora: Amanda Seibel

Tradução: Moacir Campos

Texto Original: DoI Want Marriage More Than Jesus?




Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Projeto Perguntar Não Ofende. Não é permitido: a alteração do conteúdo original e a utilização para fins comerciais.


Caso você queira fazer alguma reclamação, bem como alguma crítica ou sugestão, envie-nos um e-mail para: pno@pipg.org.